Aguarde...

Benvindos Siga-nos

ORÇAMENTO PARTICIPATIVO 2018

PROPOSTAS

 

•  Proposta 1 - Substituição de Telhado da Fábrica da Igreja de S. Pedro de Faro

Execução de novo telhado nas instalações da Fábrica da Igreja de S. Pedro de Faro, pertencentes à paróquia de S. Pedro e onde é desenvolvida parte da sua ação social. Nestas instalações faz-se o armazenamento e posterior distribuição de artigos diversos que são doados, nomeadamente, roupas, calçado, artigos para casa, artigos de primeira necessidade para bebés, brinquedos, etc. Os beneficiários são famílias carenciadas da cidade que se dirigem à paróquia a pedir auxilio, muitas contando com este apoio há vários anos.

 

Proponente: Fábrica da Igreja de S. Pedro de Faro

____________________________________________

 

•  Proposta 2 - Aquisição de lanchas tradicionais (Saveiros)

Aquisição de seis lanchas tradicionais (saveiros) para participação em eventos de recreio e desportivos por parte dos pescadores da Culatra, tanto na Festa de Honra à Nossa Srª dos Navegantes como em outras atividades. Destaca-se que uma das maiores atrações em termos desportivos e de recreio são as tradicionais regatas em saveiros ou lanchas, regatas essas efetuadas por pescadores e que têm uma adesão enorme por parte da população, assim como dos visitantes. De há uns anos a esta parte as lanchas, outrora feitas em madeira, foram transformadas e deram origem a embarcações que nada tinham em comum com as iniciais e daí a participação, tanto da população como dos próprios pescadores, ter diminuído. Este ano cerca de cinquenta pescadores reuniram com a Direção do Clube União Culatrense e estão dispostos a disputarem a referida regata em embarcações tradicionais como outrora, para que este evento seja novamente um ex-libris da festa tradicional, assegurando-se assim a Identidade e a Cultura desta povo.

 

Proponente: Clube União Culatrense

_______________________________________________

 

•  Proposta 3 - Bem estar Animal - Esterilização e controlo de animais de companhia

Tendo em vista garantir o bem-estar animal dos animais de companhia do concelho, neste caso da área da freguesia, propõe-se que seja orçamentada uma verba destinada ao cheque veterinário ao dispor de população carenciada e que garanta o acesso aos tratamentos em clinicas veterinárias solidárias do concelho. Todos os animais intervencionados terão obrigatoriamente de ser identificados com microchip, evitando-se duplicações de pagamentos, de intervenções clinicas, etc. Os valores das intervenções clinicas são ao preço de custo dos materiais e pré-estabelecidos em protocolo. O serviço clinico é pro-bono. Este protocolo irá abranger também os animais abandonados ou os das protetoras. O projeto inclui mais de 300 intervenções cirúrgicas de esterilização e outras tantas de vacinação e de identificação eletrónica (microchip).

 

Proponentes - Jorge Serpa dos Santos e Rita Alves

________________________________________________

 

•  Proposta  4 - Exposição "O regresso de Magalhães - 500 anos depois"

No âmbito das celebrações em torno do 5.º centenário da viagem de circum-navegação pelo português Fernão de Magalhães (1519-1521), saído de Portugal e que apesar de ter morrido em confronto com os nativos das ilhas que se conhecem hoje como Filipinas, deu a expedição bom seguimento ao plano inicial e completou a primeira volta ao Mundo. Para comemorar a efeméride sugere-se a organização de uma exposição de fotografia com reproduções dos originais de um farense com vida e nova família nas ilhas Filipinas, para ilustrar afinal o que seria a vivência do português Magalhães 500 anos depois. A abertura da exposição, permanente, contará com a presença do Ministério da Cultura, Ministério do Mar, entidades locais e também diplomáticas, entre as quais a Embaixada das Filipinas e de Espanha que darão o seu contributo a esta comemoração. A exposição contará com um cocktail e gastronomia asiática no dia do lançamento de forma a promover a mesma junto das entidades, do público e dos média, acompanhados de uma edição limitada escrita para comemorar os 500 anos.

 

Proponente: Edgar José Moreira Prates

_______________________________________________

 

•  Proposta 5 - Ciclo de encontros: O Homem e o Cão - Por uma cidadania responsável

Realização de 4 workshops teórico-práticos sobre cuidados ao cão (cuidados básicos, responsabilidade civil e comunitária; primeiros socorros; linguagem canina; comportamento e treino) e um encontro sobre esterilização. O número de lares com animal de companhia tem vindo a aumentar, muitos fregueses têm cão ou lidam com eles. Se noutras áreas como a saúde os conhecimentos são acessíveis o mesmo não se passa com os cuidados caninos, em que existe desconhecimento, negligência, por vezes maus tratos e abandono e um problema público associado à não esterilização. O cão necessita de ser entendido como outra espécie e integrado na sociedade. Compete à União das Freguesias de Faro, o registo e licenciamento dos animais bem como promover as boas praticas dos seus fregueses, nomeadamente do animal, seus cuidados e respeito pela comunidade. Informação atualizada sobre cuidados e deveres num espaço de debate e interação, irá promover melhores práticas nos cuidados ao animal de estimação, maior vinculação com o mesmo, e uma atitude mais cívica para com os outros cidadãos, sensibilizando para a problemática animal, em suma, por uma posse responsável do animal de estimação.

 

Proponente: Francisco Lourenço

_____________________________________________

 

•  Proposta 6 - Colocação de lombas no Patacão

Colocação de lombas em locais de maior circulação pedonal no Patacão, nomeadamente na estrada de Stª Barbara de Nexe.

 

Proponente: Vivelinda Inácio

_____________________________________________

 

•  Proposta 7 - Reparação do Campo Polidesportivo da Ilha do Farol

Constituída em 1976, a Associação da Ilha do Farol de Santa Maria, tem no seu seio cerca de 700 associados sendo estes proprietários de habitações ou meros utentes do núcleo, tanto na época balnear, como quase durante todo o ano. De entre os equipamentos de sua propriedade, contam-se um restaurante, um mini-mercado, um quiosque, uma lavandaria, um posto de primeiros socorros e um campo polidesportivo a céu aberto, com cerca de 1.000 m2, servindo não só os associados como qualquer passante. Neste recinto se praticaram diversas modalidades desportivas, tais como, basquetebol, voleibol, futebol de salão, andebol, ténis e patinagem, servindo uma população heterógenea, com idades entre os 4 e os 80 anos. Também este espaço serve como local de convívio para todos quantos nele queiram estar, assistindo a espetáculos musicais e dança em festividades organizadas aquando de épocas específicas, tais como o Natal, Páscoa e passagem de ano. Com o passar dos anos as instalações foram-se degradando, não só o pavimento de cimento abriu buracos e fissuras que impedem o normal aproveitamento para os fins originais, bem como o espaço do palco, cujo teto ameaça desabar.

 

Proponente: Associação da Ilha do Farol de Santa Maria

_____________________________________________

 

•  Proposta 8 - Faro & Bike

A bicicleta é um meio de transporte cada vez mais usado na cidade de Faro. São cada vez mais as pessoas - locais, estudantes e visitantes - que decidem utilizar a bicicleta no seu dia-a-dia como alternativa a outros meios de deslocação. O aumento de utilizadores da bicicleta conduziu inclusive a movimentos como o "Faro a Pedalar" que tem vindo a realizar um trabalho meritório de promoção dessa pratica e levantamento das situações a melhorar, através da realização de entrevistas aos utilizadores. Esta proposta surge com o objetivo de melhorar as condições atuais de utilização da bicicleta em Faro, ao mesmo tempo que pretende o envolvimento ativo da população. Subdivide-se em duas ações:

- Estacionamento: reforço dos estacionamentos existentes e instalação de 200 novos estacionamentos para bicicletas em locais relevantes;

- Sensibilização e informação de automobilistas para a atenção aos ciclistas durante a condução. Sugere-se a realização de um concurso para concepção de imagem da campanha, em outdoors ou outros suportes de divulgação.

Sugere-se que sejam consultadas os movimentos como o "Faro a Pedalar" e as Associações ativas no domínio do ciclismo, como a "Altimetria" para definição dos locais e n.º de estacionamentos a implementar.

 

Proponente: Andreia Martins

 

_______________________________________________

 

 •  Proposta 9 - ASA - Apoio Socioeducativo da Atalaia

O G.A.T.O., fundado a 19 de setembro de 1990, é uma instituição particular de solidariedade social, sem fins lucrativos, sediada em Faro, desenvolvendo ações nas áreas da prevenção primária do tratamento e reinserção social. No diagnóstico social da cidade de Faro (DICAD, 2017) é referido que o Bairro da Atalaia se tornou uma das zonas mais problemáticas da cidade, com "graves problemas de alcoolismo, violência, delinquência juvenil, tráfico e consumo de SPA's.", onde residem aproximadamente 430 habitantes. A população apresenta baixa escolaridade, situações laborais precárias e com horários extensos e tardios que não permitem o acompanhamento familiar e psicossocial necessário às crianças. Verificando-se ainda, a ausência de respostas sociais que colmatem as necessidades identificadas para as crianças e jovens deste bairro, assim como falta de locais e atividades para a ocupação de tempos livres e para apoio ao estudo. Devido ao referido, estas crianças e adolescentes, vivem com pouca ou ausente supervisão, justificando-se a necessidade da criação de uma resposta - Apoio Socioeducativo no Bairro da Atalaia, focando-se no apoio escolar e atividades lúdicas nas pausas letivas. Estas atividades serão dinamizadas nas instalações do Gabinete de Apoio Psicossocial da Associação G.A.T.O., sito na Atalaia.

 

Proponente: G.A.T.O. - Grupo de Apoio a Toxicodependentes

_________________________________________________

 

•  Proposta 10 - Drum Circle Faro

O objetivo da realização deste evento é o de criar um novo conceito de espetáculo no concelho de Faro, mais abrangente no que toca a participação e público, de modo a colocá-lo como referência baterística e musical. Pretende-se dar a conhcer a graciosidade e grandiosidade da Bateria, técnicas de emissão de sons e envolver todos os participantes com ou sem experiência. O Drum Circle Faro terá um workshop de 3 dias (sexta, sábado e domingo), culminando com um espetáculo geral de todos os participantes, no ultimo dia (domingo à tarde). Este espetáculo será resultante das aprendizagens e interações dos participantes, a realizar em data a definir, pela altura da primavera, abril ou maio de 2019.

 

Proponente: João Paulo Melro

 

__________________________________________________

 

•  Proposta 11 - Mais mobilidade e acessibilidade no Bom João

Os residentes da urbanização do Bom João apresentam a proposta de construção na encosta sul da urbanização que confronta com a Av. Anibal Guerreiro, de dois acessos com escada e um deles com rampa para cidadãos com mobilidade reduzida de forma a aumentar a capacidade de mobilidade e de acessos pedonais ao cidadão nesta zona da cidade. Como localização (e sem prejuízo doutros locais que se mostrem mais adequados ou oportunos) propõe-se um acesso frente à zona do ATL "Os Vivaços" e o segundo no alinhamento nos blocos à direira na Rua Libanio Martins.

 

Proponente: António Marques

 

__________________________________________________

 

•  Proposta 12 - Construção de parque infantil e equipamento desportivo no Patacão

Construção de um parque infantil com complemento de equipamentos desportivos/ geriátricos para beneficio da população residente no Patacão, à semelhança do que acontece em outras localidades. A implementar em local a definir (sugere-se em terreno confinante a sul com Direção Regional de Agricultura).

 

Proponente: Cristóvão José dos Santos Pedro



Compartilhar titulo produto