Aguarde...

Benvindos Siga-nos

Foto Reportagem

Carreiras de barco para o Farol prolongadas para todo o ano

Administração 18/12/2019 Carreiras de barco para o Farol prolongadas para todo o ano

As carreiras de barco para a ilha do Farol, no concelho de Faro, foram prolongadas para todo o ano pelo operador responsável, revelou a União de Freguesias de Faro, que pretende o alargamento da mesma solução para a Culatra e Hangares.

Manifestando o seu “agrado e reconhecimento” pela solução, a autarquia liderada por Bruno Lage espera que “este importante avanço seja o primeiro passo para se efetuarem carreiras de barco, com regularidade, também para a Culatra e Hangares”, como foi discutido e aprovado em moção na última assembleia de freguesia.

De acordo com a união de freguesias, não fazia “qualquer sentido que os farenses e aqueles que nos visitam ficassem impedidos por ausência de transportes públicos, neste caso ligação via marítima, de fruírem das condições naturais existentes no seu concelho e freguesia”.

“As nossas ilhas barreira têm excelentes praias, há inúmeras atividades que aqui se podem desenvolver, não só nos meses de julho e agosto, mas sim durante todo o ano, como por exemplo percursos pedestres, turismo de natureza, apreciar a genuína gastronomia local, praticar desportos náuticos ou de areia, ou simplesmente passear e conhecer estes núcleos habitacionais”, salientou, em comunicado, a UFF.

O executivo liderado por Bruno Lage lembra que Faro recebeu a certificação de Estação Náutica, o que a torna uma cidade que se quer “voltada para o mar e para o mundo da náutica”.

“Aliado ao aumento do fluxo de turistas em Faro, requer também mais exigências e ofertas, de modo a termos uma cidade mais funcional, mais hospitaleira, com maior interação marítima e com boas acessibilidades”, sendo que as ilhas-barreira “não podem ficar esquecidas nem negligenciadas”, sustenta a autarquia.

A União de Freguesias de Faro elogiou ainda a recente instalação, por parte da Docapesca com a autorização da Marinha, no núcleo dos Hangares, de um novo caís, que passa a permitir a este núcleo piscatório o acesso condigno e em maior segurança de embarcações de transporte de passageiros.

FONTE: REGIÃO SUL



Partilhar

Ver Todas